Projeto Cinema Mundo
  • Projeto Cinema Mundo realiza sessão especial de Halloween com a exibição de “Suspiria”

    Publicado em 30/10/2018 às 20:23

     

    Nesse dia 31 de outubro, noite das bruxas, o Projeto Cinema Mundo realiza uma sessão especial de Halloween, com a exibição do filme de horror “Suspiria” (1977, Itália), de Dario Argento.

    “Suspiria” é um filme que mistura surrealismo, bruxaria e elementos do subgênero italiano conhecido como giallo. O filme acabou dando origem a uma trilogia, que anos mais tarde ficou conhecida como “trilogia das mães’’.

    A sessão, de entrada franca, irá acontecer no Auditório Elke Hering da Biblioteca Universitária da UFSC, quarta-feira (31/10), com início às 22h.

    Por conta do horário, o acesso ao auditório será controlado: as portas da BU fecham no início da sessão e só abrem novamente por volta da meia-noite, quando o filme chegar ao fim. Não haverá debates após o filme desta vez.

    Sinopse:

    Suzy Bannion (Jessica Harper) é uma jovem americana que viaja para a Europa para estudar numa prestigiada escola de Balé. Desde o primeiro dia, porém, ela começa a se assustar com estranhas situações que ocorrem no local que a fazem desconfiar do corpo docente da instituição.


  • Projeto Cinema Mundo realiza sessão comentada de “eXistenZ”

    Publicado em 18/10/2018 às 19:21

    Projeto Cinema Mundo continua sua temática distópica exibindo o filme “eXistenZ” (1999, Canadá/Reino Unido/França), escrito e dirigido por David Cronenberg.  A sessão, de entrada franca, acontecerá no dia 25/10 (quinta-feira), às 18h30 no Auditório Elke Hering da Biblioteca Universitária da UFSC, e contará com os comentários de Helvécio Junior e Aline Peretti Silveira.

    Sinopse

    Uma criadora de videogames precisa buscar refúgio em sua própria realidade virtual ao sobreviver a uma tentativa de assassinato. Os limites entre a realidade e o mundo virtual ficam cada vez menos claros quando a criadora e seus aliados são envolvidos em um jogo perigoso.

    Sobre os comentaristas

    Helvécio Ferreira Furtado Junior

    Bacharelando do curso de Cinema na UFSC. Desenvolve atividades de pesquisa no âmbito da iniciação científica na área de Teoria Literária e Estudos Culturais. É roteirista e escritor, tendo publicado de forma independente a obra “O ouvido do bode preto”.

    Aline Peretti Silveira

    Aluna de Letras Português pela UFSC, tem experiência na área de linguística e ensino de Português para estrangeiros. Realizou PIBIC voluntário na área de sintaxe gerativa, foi bolsista CNPq atuando com material áudio e texto numa abordagem voltada ao PNL. Sua formação conta com estudos de tradução e filologia da língua latina e do galego-português, além de já ter atuado no ensino da língua portuguesa para estrangeiros voluntariamente.


  • Projeto Cinema Mundo realiza sessão comentada de “Nausicaä”

    Publicado em 04/10/2018 às 17:02

     

    Projeto Cinema Mundo continua sua temática distópica exibindo o filme “Nausicaä do Vale do Vento” (Kaze no Tani no Nausicaä, 1984, Japão/EUA), dirigido por Hayo Miyazaki e baseado no mangá homônimo.  A sessão, de entrada franca, é comemorativa dos 6 anos do projeto de extensão e acontecerá no dia 11/10 (quinta-feira), às 18h30 no Auditório Elke Hering da Biblioteca Universitária da UFSC, e contará com os comentários de Gisele Orgado e Leandro Rodrigues.

    Sinopse

    Nausicaä é a liderança de um mundo pós apocalíptico, destruído pela guerra e tomado pela poluição. O Vale do Vento, lugar onde nasceu a protagonista, é uma das poucas áreas da terra protegida pelos males desse mundo, povoado por insetos gigantes e intoxicado por um fungo que emite gases poluentes, o que faz Nausicaä se sentir responsável pela proteção da natureza. A partir da descoberta de uma arma de guerra remanescente, o reino vizinho de Torumekia pretende assegurar a supremacia exterminando os Ohmus, espécie guardiã das florestas, fazendo com que a deplorável situação ecológica se agrave. A missão de Nausicaä é das mais heróicas, trazer a união dos povos e lembrar do quão necessária é a preservação da vida em tempos sombrios.

    Sobre os comentaristas

    Gisele Tyba Mayrink Redondo Orgado

    Graduada em Comunicação Social, com especialização em Jornalismo, pela Faculdades Integradas Hélio Alonso (FACHA), no Rio de Janeiro. Graduada em Licenciatura em Letras-Inglês na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (2017). Mestrado (2010) e Doutorado (2014) pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução pela UFSC. Atua como Pesquisadora sobre os Estudos Japoneses no Brasil, nas áreas de língua, literatura e cultura japonesa, pela Fundação Japão, desde 2011.

    Leandro Luís Rodrigues

    Bacharel e licenciado em Ciências Biológicas pela UFSC, com iniciação científica em Biotecnologia Vegetal. Especialista em Neuropsicopedagogia e bacharelando em Psicologia no Centro de Ensino Superior Estácio de Sá. Atuou significativamente em Epidemiologia e Saúde Pública como Supervisor Estadual do Programa de Controle da Dengue. Atualmente docente do SENAI, atuando em cursos técnicos e suporte pedagógico da unidade como Especialista de Ensino. Tem formação em Acompanhamento Terapêutico e Terapia Dialógica, já trabalhou como AT e tutor de jovens com transtornos neurobiológicos. Bilíngue, com experiência como Instrutor de Inglês. Também experiente em ensino de Biologia para ensino médio e EJA. Apreciador de animes, séries e super heróis.

     


  • Projeto Cinema Mundo realiza exibição comentada do filme “1984”

    Publicado em 19/09/2018 às 20:31

    O Projeto Cinema Mundo continua sua temática distópica exibindo o filme “1984” (Nineteen Eighty-Four, Reino Unido, 1984), dirigido por Michael Radford e baseado na clássica obra de George Orwell.  A sessão, de entrada franca, acontecerá no dia 27/09 (quinta-feira), às 18h30 no Auditório Elke Hering da Biblioteca Universitária da UFSC, e contará com os comentários de José Claudio Morelli Matos e Clélia Mello.

    Sinopse:

    Londres, 1984.  O Reino Unido está sob um regime repressivo, controlado com mão de ferro pelo partido. Há em todo lugar telas de TV, que servem como os olhos do governo para saber o que os cidadãos fazem. Winston Smith (John Hurt) vive sozinho e trabalha para um dos departamentos do governo, manipulando informações de forma que as notícias sejam positivas para a população. Até que um dia, ele passa a se interessar por uma colega, Julia (Suzanna Hamilton), que o leva até os arredores da cidade. Eles passam a ter um relacionamento, algo proibido pelo partido, que deseja eliminar a libido na população. Numa sociedade monitorada de perto, não há como escapar do Grande Irmão.

    Sobre os comentaristas:

    José Claudio Morelli Matos

    Doutor em Filosofia pela Universidade de São Paulo, doutorando em Ciência da Informação na Universidade Federal de Santa Catarina e professor adjunto da Universidade do Estado de Santa Catarina, na cadeira de Filosofia da Educação. Tem experiência na área de Teoria do Conhecimento e Ética. Desenvolve projetos de pesquisa sobre a filosofia de John Dewey e já desenvolveu estudos sobre as obras de George Orwell.

    Clélia Maria Lima de Mello e Campigotto

    Possui graduação em História pela Universidade do Vale do Paraíba , mestrado em Multimeios pela Universidade Estadual de Campinas, doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de Santa Catarina.


  • Projeto Cinema Mundo realiza exibição comentada do filme “O homem duplo”

    Publicado em 10/09/2018 às 17:26

    O Projeto Cinema Mundo continua sua temática distópica exibindo o filme “O homem duplo” (A scanner darkly, EUA, 2006), animação dirigida por Richard Linklater. O filme ganhou visibilidade pelo efeito de animação computadorizada em cima de gravações originais. O enredo é baseado no livro homônimo escrito por Philip K. Dick., icônico autor de ficção científica. A sessão, de entrada franca, acontecerá no dia 13/09 (quinta-feira), às 18h30 no Auditório Elke Hering da Biblioteca Universitária da UFSC, e contará com os comentários de Chris Mayer e Daniel Serravalle de Sá.

    Sinopse:

    Num futuro próximo, a guerra do governo norte-americano contra as drogas se juntou à guerra ao terror. Numa sociedade cada vez mais policiada, foi desenvolvido um novo sistema de disfarce, sob o qual trabalha o policial Bob Arctor (Keanu Reeves). Enquanto investiga seus amigos mais próximos, ele acaba recebendo ordens para investigar sua própria vida e embarca num estranho pesadelo, no qual identidade e lealdade não parecem mais ter um sentido claro.

    Sobre os comentaristas:

    Chris Mayer

    Fotoarteira – fotógrafa, escritora e fotopoeta -, editora de fotografia e colunista do catarinas.info.

    Daniel Serravalle de Sá

    Professor do Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras da Universidade Federal de Santa Catarina. PhD em Latin American Cultural Studies (University of Manchester). Desenvolve pesquisa na área de literatura e outras artes, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria e crítica literária e cultural, literatura e história, análise de filmes.